suplementos que emagrecem

Os suplementos para perda de peso funcionam?

Não importa o que você esteja fazendo – surfando na Internet, zapeando a tevê ou folheando sua revista favorita – você sempre encontrará aqueles anúncios que promovem as qualidades mágicas dos suplementos para perda de peso.

Suplementos para perda de peso vêm em todos os tipos, formas, tamanhos e estilos e possuem uma variedade de reivindicações e soluções. E existe em todo tipo de invólucro – desde pílulas até adesivos e cremes. Mas essas promessas milagrosas realmente funcionam?

você pode dizer isso! Vamos dar uma olhada em alguns dos produtos mais populares para perder peso e os benefícios e efeitos negativos de cada um, para que você possa decidir por si mesmo.

Bitter Orange (Laranja Amarga) e Citrus Aurantium: Esses produtos são feitos diretamente de extratos concentrados da casca da laranja. Os fabricantes alegam que eles aumentam o metabolismo, mas… não há testes conclusivos para comprovar isso. Bitter Orange, Citrus Aurantium e Sour Orange contêm o estimulante sinefrina, que pode causar hipertensão e toxicidade cardiovascular. Indivíduos com doenças cardíacas, hipertensão e glaucoma devem evitá-los a todo custo.

Cromo (exemplos de produtos de cromo incluem Picolinato de Cromo, Picolinato de Cromo Sem Levedura, etc): As alegações de que o cromo aumenta a perda de peso e melhora a composição corporal foram apoiadas por um estudo principal que provou ser este o caso desse componente. Existem dois tipos de cromo: Trivalente (que o corpo necessita e é considerado seguro em doses de até 200 microgramas por dia) e Hexavalente (nesta estrutura, ele pode causar problemas estomacais, úlceras, convulsões, doenças renais e hepáticas e até mesmo a morte).

Ácido Linoléico Conjugado (CLA): O fabricante deste produto alega que ele promove a perda de peso, mas existem poucos estudos que realmente apoiam essas afirmações de marketing. Embora mais pesquisas sejam necessárias, o CLA geralmente é seguro.

chá seca barriga


Efedra / efedrina: a efedra pode ajudar na perda de peso ao suprimir o apetite, e pesquisas comprovaram sua eficácia quando usada com cafeína. No entanto, a efedra causa pressão alta, derrame e problemas cardíacos graves, razão pela qual a venda de suplementos dietéticos contendo efedra é proibida por lei em vários países.

7-ceto DHEA: Pesquisas preliminares indicam que este produto pode diminuir o peso corporal e a composição de gordura aumentando o metabolismo, mas são necessários estudos maiores de pesquisa.

Ácido hidroxicítrico (HCA) e Garcinia Cambogia: Esses produtos alegam suprimir o apetite e melhorar o metabolismo da gordura. Embora os estudos tenham mostrado resultados mistos, eles geralmente são seguros.

L-carnitina: a L-carnitina alega inibir a obesidade e promover a queima de gorduras, mas há poucas evidências de sua eficácia.

DHA e DHAP: Alguns estudos sugerem que esses suplementos podem ter efeitos modestos na perda de peso, mas pesquisas mais robustas são necessárias. Atualmente, nenhum efeito colateral sério foi relatado.

Lecitina, Goma Guar, Cascas de Psyllium e Quitosana: Esses produtos afirmam ajudar a quebrar a gordura para que ela possa ser absorvida, processada e eliminada pelo corpo. Atualmente, não há pesquisa científica competente e confiável para apoiar tais afirmações.

Infelizmente não há um remédio milagroso! O que funciona mesmo é o combo velho conhecido: dieta e exercícios!

Se deseja saber qual seria uma dieta com a sua cara e suas preferências alimentares, faça seu teste aqui. Se este texto te ajudou, não esqueça de votar nele e compartilhá-lo, combinado?

dieta que emagrece

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *