E as barras de proteínas, hein? Como ficam?

Quais são os benefícios ou desvantagens dessas barras e como elas podem se encaixar na sua dieta como parte de um plano de alimentação saudável?

Hoje em dia, aonde quer que você vá, você vê diferentes variedades dessas barras de proteínas sendo vendidas. As barras de proteína tornaram-se um substituto de refeição popular para pessoas ativas e servem como um lanche mais saudável para pessoas que procuram adicionar algumas calorias extras na dieta.

Geralmente encontramos dois tipos dessas barras por aí: umas são aquelas que contêm um equilíbrio de proteína, carboidratos e gordura, e outras, as que contêm principalmente proteína e gordura, com muito pouco carboidrato.

 As barras que são balanceadas com proteína, gordura e carboidratos são mais como uma barra energética e são populares entre pessoas ativas. As barras que contêm principalmente proteína e gordura são populares entre as pessoas que buscam perder peso e que seguem uma dieta baixa em carboidratos. Mas quais são os benefícios ou desvantagens dessas barras e como elas podem se encaixar na sua dieta como parte de um plano de alimentação saudável?

AS VANTAGENS

As barras energéticas têm uma vantagem principal: são muito convenientes. Eles cabem em sua pasta, bolsa ou bolso, tornando-os fáceis de levar para qualquer lugar e comer a qualquer hora. Muitas têm uma boa quantidade de proteína sem o colesterol alto e a gordura saturada contida em outras fontes de proteína. Eles geralmente são fortificados com vitaminas e minerais, tornando-os uma escolha mais saudável do que uma opção de fast food ou uma refeição de loja de conveniência.

DESVANTAGENS

Apesar das crenças populares, as barras energéticas não substituem uma refeição nutritiva e bem equilibrada. Embora muitas dessas barras sejam fortificadas com vitaminas e minerais comumente encontrados em frutas e vegetais, elas não contêm fitoquímicos, bioflavonóides e fibras de frutas e vegetais, então seus benefícios não são exatamente os mesmos. Muitas dessas barras também contêm óleo de palma hidrogenado ou parcialmente hidrogenado, o que significa que o teor de gordura saturada dessas barras pode chegar a 50% do teor de gordura.

ALGUNS PONTOS PARA TER EM MENTE

Você fica melhor com uma dessas barras do que indo no fast food mais próximo, mas elas ainda não têm os mesmos benefícios para a saúde que frutas e vegetais frescos e outros alimentos integrais.

Se você gosta de usar essas barras, pode torná-las parte de uma refeição mais saudável adicionando um pedaço de fruta ou um vegetal cru, em vez de fazer da própria barra a refeição. Elas são boas para um lanchinho pré ou pós-treino, mas sempre tente ter em mente que elas devem ser consideradas apenas um lanche e não uma refeição.

Olhe os rótulos e escolha barras com baixo teor de gordura saturada e sem óleo de palma ou gorduras hidrogenadas ou, pelo menos, com muito pouca dessas gorduras. Procure barras que contenham vitaminas e minerais se você estiver usando-as como substitutos de refeição, para manter intactos alguns dos nutrientes sacrificados da refeição que você está substituindo.

Barras de proteína são de fato uma coisa boa se você escolher as certas e sempre lembrar delas como um lanche saudável, mais do que uma refeição real. Ao usá-los como lanche, lembre-se de que muitas delas embalam uma boa quantidade de calorias, então tome cuidado se estiver tentando perder peso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *